quarta-feira, 20 de abril de 2011

ALEPA – Pede pra sair, Caddah!

A expectativa, agora, é saber qual o destino a ser dado a Jorge Moisés Caddah pelo deputado tucano Manoel Pioneiro, o novo presidente da Alepa. A despeito de seus antecedentes criminais, Caddah naturalmente merece um crédito de confiança e não seria lícito impedi-lo de exercer sua profissão. Mantê-lo, porém, como diretor de Informática, com livre acesso a informações privilegiadas e/ou confidenciais, soa fatalmente temerário. Para lá de temerário, diga-se.
Em um poder que pelas suas próprias características se constitui, por si só, em uma colossal vitrine, convém cultivar aquele mínimo de decoro. Logo, qual a credibilidade de uma administração que mantém, em um cargo de direção, um profissional com tão graves antecedentes criminais?
Diante do que se sabe sobre Jorge Moisés Caddah, em realidade caberia parodiar o capitão Nascimento, o personagem tornado célebre pelo ator Wagner Moura, no filme “Tropa de Elite”: “Pede pra sair, Caddah!”

6 comentários:

Anônimo disse...

Todo mundo fala de Caddah.. mas estão esquecendo do sobrinho do JUJU, que continua diretor do RH, Marcus Almeida. que foi omisso e conivente com toda essa situação, inclusive gente de dentro do proprio RH dizem que foi também beneficiado com o esquema junto com Vera, também nomeada por Juvenil.. ai ai ai.. será que vai dá em PIZZA..

Anônimo disse...

Tem colunista social que vai comemorar a notícia o ano todo. Com razão.

lorena dos anjos disse...

desculpa mais esses comentarios estao equivocado sr:Marcos Almeida não tem nada a ver com esse episodio lamentavel.

Anônimo disse...

Lorena, tu acreditas em fadas ou bruxas? Esse jovem foi plantado no DP da ALEPRA pelo Juvenil. Precisa explicar mais alguma coisa?

Anônimo disse...

Na Alepa tudo é assim. Honestidade é rara.Ética, então...
Faz tempo houve um escândalo envolvendo o chefe do cerimonial, que é arrogante pq trabalha no Liberal... Quem trabalha aqui sabe muito bem dessa história.
Mas ele continua apesar de incompetente, o trabalho do cerimonial quem faz são os funcionários qu conecem tudo.É uma troca, ele trabalha aqui e os deputados saem naquela merda daquele Amazônia.
A Alepa precisva de um banho d desinfectante, isso sim.
Os bons funcionários se sentiriam aliviados. Aqui já se viu prostituição, com garotas de cara de ploc passeando com aquele Beto, que deveria estar preso por promover prostituição...Ele tem um amigo que nem é da casa ( já foi, quando o primeo era deputado) que entra e sai como se fosse uma boate gay...Conehce todos e se intitula jornalista.
Uma vergpnha.
Tomara que essa onda chegue a todos os departamentos...

Anônimo disse...

Lorena pela sua idade, deves acreditar em contos de fadas, SR MARCUS ALMEIDA É SOBRINHO DO JUVENIL, procura saber quem deu a diretoria do RH da ALEPRA pra ele, pq nem concurso público ele é capaz de passar. E ele está envolvido sim, tenho certeza que no fim do inquerito esse sangue sunga vai sair e entregar o cargo para uma pessoa concursado que diga-se de passagem é de direito e gente competente tem de monte na ALEPA, pessoas dignas que por sinal ganham a metade dos que esses parasitas implatados por seus padrinhos recebem. FORA MARCUS ALMEIDA, VERA E A QUADRILHA TODA COLOCADA PELO O JUVENIL, JÁ PEGARAM O CHEFE, PREDAM O RESTO DA GANGUE.