quarta-feira, 13 de abril de 2011

DESGOVERNO – Denúncia expõe caos na Seduc

Sob o comando do deputado federal tucano Nilson Pinto de Oliveira, o Nilsinho (foto), a concluir das sucessivas denúncias a Seduc, a Secretaria de Estado de Educação, submergiu no caos administrativo. O caos, relatado em recorrentes denúncias, é atribuído a desastrosa experiência de administração compartilhada, patrocinada por Nilsinho, na esteira da promiscuidade entre o público e o privado, próprio da cultura patrimonialista.
Um eloqüente exemplo do caos narrado seria a intervenção, com claras motivações políticas, feita na Ditec, a Diretoria de Tecnologia, da qual foi defenestrado Júlio César Oliveira, um professor de carreira da Seduc. Oliveira, acrescenta a denúncia, foi substituído por Hilma Redondo pelo simples fato de ser remanescente da gestão anterior. “Governador Jatene, pelo amor de Deus, olhe a Seduc, não deixe que destruam a tecnologia da nossa educação”, reivindica o autor da denúncia, abrigado no off.

21 comentários:

Anônimo disse...

Por ser um Homem probo, foi que o Professor Emanuel Matos, Secretário Adjunto, deixou o cargo estes dias. Ele é um homem íntegro, competente, e não compactua com desonestidade, roubalheiras e tantos desmandos.Foi uma pena. Quem perdeu foi a Seduc

Anônimo disse...

Interessante, no final da gestão passada, todos os integrantes do alto escalão da SEDUC era composto por profissionais concursados da propria Secretaria, inclusive a Secretária e todos os adjuntos, e não faltava críticas sobre esse fato, agora que os Tucanos voltaram, e impuseram o MO típico deles, mandando as favas os profissionais que deveriam ser prestigiados, começa a chover indignação, mas voces queriam o que? Não sabiam disso quando colocaram de volta esse pessoal no governo? Não existe nem a desculpa de serem pegos de surpresa, afinal durante doze anos, foi a mesma desfaçatez de sempre.

Anônimo disse...

Mano....Então o Nilsinho tá ferrado!!!
Como um político tão capacitado como ele se faz rodear por pessoas intragáveis, como por exemplo: Aquela Gazela Saltitante, que tem que se virar nos 60 para sustentar seus "sobrinhos", ele consegue estar na SEDUC e exercer a função de Secretário Municipal em Tailândia que fica próximo de Tucuruí; Tem tambem as "Mucamas" da Lady Kate, que só sabem fazer loby junto aos prefeitos das Associações dos Muncipios.
Abre o olho Nilsinho!!!!
Estás com um varios PUTY's bem do teu lado....

Anônimo disse...

Barata, trabalhei junto com o Júlio na DITEC e o cara é bom mesmo. Acho uma pena terem mandado ele embora. Eu também fui mandado embora, mas com certeza o Júlio é um excelente profissional e pude também conhecer muito de Tecnologia com ele.
Esse pessoal da SEDUC poderia ter mais cuidado com quem indica, você não acha?

Anônimo disse...

Barata, você sabia que no âmbito daquela repartição Dona Dadivosa supeita de todos, pois para ela todos são corruptos, independente se entraram pela porta da legalidade e moralidade, ou se, conforme a sua espécie, ingressaram na repartição pela janela da imoralidade (pois nem tudo que é legal contitui-se em moralmente válido). No tocante a isto, já expôs em alto e bom som que não confiava no departamento jurídico, sem sequer saber que estes (concursados) jamais estamparam bandeiras ideológicas, mas como se a carapuça lhe service, assim agiu colocando, de forma generalista, em supeita os servidores que nem mesmo conhece pessoalmente ou profissionalmente.

Anônimo disse...

Barata, comentam por aí que a Mônica da ALEPA é sobrinha de Nilsinho. Será? Vamos averriguar.

Anônimo disse...

Meu caro e prezado Barata. É uma pena que a Educação do nosso tão belo Estado esteja sendo jogada no lixo. Admito ter votado no Jatene, pois infelizmente a Ex-Governadora Ana Júlia não soube conduzir a sua equipe e fez uma das piores gestões da história do nosso Estado. Sou professor concursado há mais de 20 anos e pude ver muita coisa nesse tempo. Tive a oportunidade de conhecer o Professor Júlio Cesar OLiveira na SEDUC ministrando aulas para nós professores, como forma de nos capacitar para utilizar melhor a informática na Sala de Aula. Fiquei imensamente satisfeito quando ele foi indicado para ser Diretor de Tecnologia da SEDUC, pois nunca se viu um professor sem indicação política nenhuma ser indicado para exercer um cargo tão importante. E ele fez bonito. Uma das melhores coisas que ele fez foi a criação do Portal Escolar (que ele projetou e desenvolveu). Lembro que várias foram as ações em que participei idealizadas pelo meu caríssimo professor Júlio Oliveira. O que eu realmente gostaria agora é de ver que o nosso governador é um homem sábio e que irá verificar de perto o que vem sendo noticiado neste tão reputado e importante Blog. Acredito neste governo, ainda não perdi a esperança por dias melhores e tenho a certeza que o Governador irá rever com muita competência os atos insanos tomados por pessoas totalmente descompromissadas com a nossa Educação como por exemplo a saída do Professor Júlio da DITEC. Soube que ele voltou para uma pequena Escola de Ananindeua onde está ministrando aulas de Matemática. Excelentíssimo Governador, porque não damos valor aos Santos de Casa, porque não valorizamos os nossos servidores independentemente de opções políticas e partidárias. Faça um governo diferente, ponha a pessoa certa no lugar certo. Confio na sua sensibilidade. Ouça a voz do Povo, pois o senhor não está sendo bem assessorado, fique de olho na SEDUC.

Anônimo disse...

TRABALHO NA SEDUC HÁ 15 ANOS E TAMBÉM ACHO QUE O JÚLIO NÃO DEVERIA TER SAÍDO. ESPERO QUE O GOVERNADOR REVEJA ISSO. ESPERO TAMBÉM QUE ELE FAÇA UMA INTERVENÇÃO LÁ E NOMEIE UM OUTRO SECRETÁRIO, POIS ESSE QUE ESTÁ LÁ SÓ VAI MANCHAR O NOME DELE.

Anônimo disse...

Conheci o Professor Júlio Oliveira quando ele ministrou em março do ano passado curso de formação sobre o Portal Escolar para professores lotados em Laboratórios de Informática e demais espaços pedagógicos, em Abaetetuba. Fiquei muito decepcionado quando encontrei com o Professor Julio outro dia e ele me disse que não estava mais na Ditec porque não quiseram ficar com ele. Acho um absurdo esse história de não valorizarem os professores. Gostaria que o Governador não trabalhasse dessa forma, pois acredito que o nosso Estado só vai melhorar e crescer com a ajuda de todos e de pessoas com capacidade, como é o caso do Professor Júlio.

Anônimo disse...

Engraçado como há petista desempregado querendo por defeito no governo que está começando.Eles não conseguem se empregar por não terem curriculo, igual e ex gov que nem a Dilma se interessa em dar cargo federal.Vão cuidar de suas vidas e tratar de serem competentes!

Anônimo disse...

Tive a oportunidade de trabalhar com o Professor Júlio enquanto diretor da DITEC e ate hoje não sei como ele foi acabar virando diretor. Me mostrem uma coisa boa que ELE fez, pois sinceramente não vi nada, quer dizer, a unica cosia que vi foi uma completa falta de capacidade em gerir. Nunca estava presente para tomar decisões a única coisa que fazia, era cobrar que outros fizessem o trabalho que ele deveria fazer. Perguntem pra qualquer funcionario da DITEC que não fosse seu "peixe" para confirmar as minhas palavras. Sem contar que em todo tempo de sua gestão não foi capaz de regularizar a situação dos funcionarios FADESP e por causa disso 155 pessoas foram mandadas para a rua piorando a ainda mais a situação da seduc. É atitude de um diretor sério fazer campanha política dentro de um orgão público? Gostaria de ver tal denúncia, deve ser tão falsa quanto a antiga direção. Não entendo essa rixa entre partidos, custa aceitar a derrota ? vale fazer qualquer coisa para comer uma fatia desse bolo que um governo sempre ataca o outro usando os golpes mais baixos possíveis ?

Anônimo disse...

Barata, este governo tá junto e misturado. Na SEDUC não dá pra distinguir quem é quem. Aqueles que outrora compactuavam com a Bila na armações permanecem com todo poder na atual administração. Imagine que a Socorro Santiago, vulgo "Socorrinho", divide a sala com a Lena Ribeiro, atacando seus desafetos. O Jatene que se cuide, os PTistas estão mais presentes no governo do que aqueles que confiaram na mudança. Haja desfaçatez!

Anônimo disse...

Ao Anônimo do dia 14 de abril de 2011 15:31. Você deveria se inteirar mais das coisas antes de sair dando tiros para todos os lados. Não sei qual a sua intenção, porém a FADESP foi mandada embora por alguns motivos óbvios, inclusive defendidos pelo atual governo: 1) O contrato com a FADESP venceu e precisaria ser renovado. 2) Não houve interesse por parte da atual gestão em renovar o referido contrato, portanto os 155 funcionários FADESP foram desligados.
Porém, é de conhecimento de todos na DITEC que a Hilma Redondo e o Waldecir foram os mentores da mudança da empresa FADESP para outra que ainda não podemos dizer qual será (espero eu com processo licitatório e não dispensa, como vem sendo a prática na SEDUC). Seria no mínimo injusto atribuir ao Professor Júlio essa responsabilidade, se você é próximo (é o que me parece pelo comentário raivoso) da atual gestão, tenha o devido cuidado e cheque antes as informações.
Não perca o seu tempo com difamações, pois nada irá mudar o brilhantismo de pessoas íntegras e altamente qualificadas como o Júlio. Também sugiro não ser leviano, pois até doente o Júlio nos deu aulas. Para você ter uma idéia, em Marabá ele dormiu num colchonete no chão de um quarto emprestado, para dar capacitação para os professores daqui. Coisa que eu acho difícil muitos profissionais e até mesmo você fazer.
Posso sim relatar, enquanto aluno dele nos cursos para professores que ele ministrava, as melhorias implementadas. Mas, vou me deter apenas ao Portal Escolar. Se ele tivesse feito somente este Projeto já valeria a pena defendê-lo e é isso o que nós Professores vamos sim continuar fazendo: defender a nossa categoria, para que possamos sim melhorar a Educação do nosso Estado. E isso nada tem haver com cores partidárias, já passamos dessa fase. O que queremos é pessoas que possam fazer algo pela Educação e não somente ocupar DAS, talvez isso lhe incomode, mas sempre estaremos d'olho.
Acredito sim no Governador Jatene e acredito em mudança breve na SEDUC.

Anônimo disse...

O Julio pode ser um ótimo professor, mas é péssimo em Liderar e gerir pessoas. Um excelente professor de matemática, mas jamais teve competência de lidar com uma diretoria. Foi posto no cargo porque teve um peixe. Não sou contra peixes, desde que sejam competentes. Esse não é o caso.

Anônimo disse...

Acredite, Hilma Redondo é bem mais capacitada e competente para ser Diretora de Tecnologia do que Júlio César Oliveira.

Anônimo disse...

Eu concordo que o professor Julio foi um péssimo diretor. O Portal Escolar foi Desenvolvido pela DITEC, sobre a plataforma MOODLE. Não foi o Professor Júlio quem desenvolveu. Ele pode ter coordenado o desenvolviemnto, mas desenvolver não.

O Júlio foi posto no cargo de diretor por indicação, ou seja, peixada. Saiu por incompetência. É aquela história, nunca promova um técnico a gestor. Perde-se um excelente técnico, ganha-se um péssimo gestor.

Anônimo disse...

Ao anônimo 15 de abril de 2011 23:12, você fala em excelente gestor, não promover técnicos. Você é o quê, um ET maluco? A Hilma era o quê antes? Me diz os cargos de gestora que ela teve. E qual é a excelente gestão que ela faz? Que loucura esses puxa-sacos.
E ao anônimo 15 de abril de 2011 23:12, que bom vc concordar que o Júlio, esse mesmo O Professor, COORDENOU o desenvolvimento do Portal Escolar - função de um verdadeiro Diretor. Me diz aí como foi que a Hilma chegou na direção? Talvez tenha sido após um belo Projeto ou um curriculum invejável de gestora. Que horror esse povo achar que todo mundo ou é burro ou é leso.
Está mais que na hora da Hilma cair fora!!!!

Anônimo disse...

Vejam esta avaliação sobre a DITEC,que eu encontrei, SOLICITADA PELO PRÓPRIO NILSINHO a um amigo de longa data, vejam o que diz o capítulo VI (a conclusão desse relatório que abrangia todo o parque da seduc, técnicos, suporte, etc):

"VI – CONCLUSÃO

Estes foram os itens levantados no período de 17 a 21 de janeiro de 2010 com a colaboração do diretor da DITEC, Prof. Júlio Oliveira.

Pelos levantamentos realizados verifica-se que a dimensão do parque computacional da SEDUC, composto por quase vinte mil computadores necessita de um suporte técnico adequado. Como podemos verificar no Quadro 2 – Municípios Polo e Municíos Vinculados no Atendimento, há situações em que um único técnico dá assistência a vários municípios, impossibilitando a redução significativa da equipe de suporte.

Com relação a Sede em Belém, a reestruturação do organograma deverá reduzir significativamente o número de funcionários, principalmente aqueles de salários mais elevados que reduziu de 22 (viste e dois) para apenas 9 (nove) os cargos de chefia.

Vale aqui destacar o excelente trabalho que o Prof. Júlio Oliveira vem desempenhando a frete da DITEC, tanto pelo seu conhecimento tecnológico na área de Tecnologia da Informação e Matemática quanto no aspecto organizacional que implementou no órgão no pouco tempo em que esteve na direção.

Sugerimos com muita tranqüilidade sua permanência na direção da DITEC pelo empenho, zelo e paixão pelo que faz, demonstrados nos 5 dias em que trabalhamos na elaboração deste documento.


Belém, PA – 21 de janeiro de 2011



Flavio Macedo de Andrade Filho
Arquiteto – CREA 3938 PA/AP"

Essa é a opinião do Amigo pessoal do Nilsinho, o que dizer mais então?

Anônimo disse...

Ao Anônimo de 18 de abril de 2011 13:01. Vc fala de coisas que vc não entende e não conhece. Vc não entende de Tecnologia da Informação para saber se o fulano é mais gabaritado que ciclano e pelo jeito vc não entende de gestão. E pelo seu modo de falar, o puxa saco é vc. Não sou puxa da Hilma, pouco me interessa o que ela faz. Não dependo dela pra viver. Mas saiba que ela contribuiu muito para a SEDUC durante anos, tanto na área técnica como administrativa. E esteve a frente de projetos de tecnologias importantes que sustentam a secretaria. O currículo dela? Eu não conheço. Mas o trabalho que ela fez durante anos pela tecnologia da SEUDC fala por si só. E vai muito além do que um portal escolar. Antes de falar besteira, é preciso se informar. Não tiro os méritos do professor Júlio. Parabéns a ele. Fez uns sisteminhas. Muito bom isso. O portal escolar é uma excelente iniciativa. Mas tem gente mais qualificada na vez.

Anônimo disse...

O Governador em sua campanha eleitoral, afirmou e conveceu muitos de nós servidores públicos de que com a sua volta ao governo, melhorias viriam e pelo fato de ser um de nós. Aí,me chega uma perua arrogante, que manda mais do que quem deveria mandar, traz uma trupe de peruas puxa-sacos e mal amadas que destratam e ignoram nós pobres mortais. Conclusão, isso vai ser os quatro anos? Pois a maioria desses comentários são feitos pelos servidores efetivos, alguns que o elegeram. Aí,servimos de palhaços, pois nada é averiguado, tá cheio de DAS da gestão passada, rindo da nossa cara e com certeza, ficao dito pelo não dito pois tudo isso deve ser encarado como "intriga da oposição". MERECEMOS RESPEITO!!

Anônimo disse...

Barata e demais blogueiros de plantão eu realmente me surpreendo com os comentários e a que ponto chegamos. Acredito que seria muito oportúnuo fazermos uma reflexão de qual é a qualificação do Serviço Público que queremos. Pois, muitos dos comentários postados, me parecem no mínimo discriminatórios, pouco relevantes e vergonhosos.
Não entendo por exemplo como um gestor troca de diretores como se troca de roupa, sem avaliar a eficiência das pessoas. Também não compreendo como existem pessoas defendendo isso e pior, discriminando o direito à liberdade política dos cidadãos brasileiros. Caso essas pessoas ainda não compreendam, vivemos em um país democrático, aonde cada um tem o direito de escolher o seu partido político, o seu time de futebol, o seu artista favorito e por aí vai. Mas, não temos o direito de estabelecermos em nossos trabalhos e repartições públicas relações de revanchismos políticos e partidários. Dentro dessas instituições cabe a cada um fazer o seu trabalho e prestar um serviço de qualidade à população, que é quem paga os nossos salários e ponto final.
Enquanto houver essa mesquinharia entre profissionais por sede de DAS continuaremos perdendo cabeças pensantes e que poderiam ser muito bem aproveitadas como o Professor Júlio. Que é sim um cara mais do que DEZ e que poderia contribuir grandemente com a Educação do nosso Estado. Ninguém deve ser discriminado porque vota em A ou B. Isso é apenas o exercício pleno da democracia, que deveria nos orgulhar e jamais compactuar com quem utiliza o poder (que diga-se de passagem é transitório) para desmerecer ou descartar quem quer que seja.
Quanto à Dona Hilma Redondo, acredito que ela não tem o perfil necessário para o cargo, por diversos motivos. Mas, o melhor agora é nos focarmos no que realmente interessa: como fica mesmo a Tecnologia da Educação na SEDUC? Pois, a Direção da Hilma é apenas uma gotícula no oceano de problemas que existem por lá.