terça-feira, 20 de maio de 2014

MPE – Medrado e Cândida, exemplos dignificantes

Nelson Medrado (à esq.): louvável exemplo de dignidade e rigor ético.

        Dentre os procuradores de Justiça que votaram contra o trem da alegria patrocinado pelo procurador-geral, Marcos Antônio Ferreira das Neves, pelo menos dois deles, considerando as circunstâncias, exibiram uma comovente coragem moral. Nelson Pereira Medrado e Cândida de Jesus Ribeiro do Nascimento, por isso, despontam como dignificantes exemplos de coerência e rigor ético.

        Medrado e Cândida, cada um a seu modo, contribuem para aplacar a crise de credibilidade sob a qual submergiu o Ministério Público Estadual, no rastro do mandonismo e da falta de decoro do atual procurador-geral. A independência exibida por ambos, no imbróglio do trem da alegria patrocinado por Neves, evidencia que é possível, sim, driblar as ações e omissões indignas que maculam a imagem do MPE como fiscal da lei. Basta coragem moral e determinação política.

8 comentários :

Anônimo disse...

Que Deus os abençoe e os proteja nessa casa da injustiça e da ilegalidade que é o MPE

Anônimo disse...

Cândida como assessora tem uma servidora concursada. O assessor de Medrado não é servidor concursado... Socorro Mendo como assessor tem o marido da filha e, seguindo seu exemplo, o atual PGJ Neves tem o namorado da filha como seu assessor... Isso porque são os fiscais da lei!!

Anônimo disse...

Barata,digno de registro deve ser também o voto da procuradora Ana Abucater.Durante a justificativa do voto ela cobrou de seus pares ética e coerência haja vista que o Ministério Público como fiscal da lei exige das demais instituições a realização de concurso.

Anônimo disse...

Minoria com qualidade. Caráter não se compra no verupa, vem de berço.

Marcos Magno disse...

é triste ver o MP como fiscal da lei dar mau exemplo, onde vamos parar...

Anônimo disse...

é triste o mp como fiscal da lei dar mau exemplo, onde vamos parar...

Anônimo disse...

comentários malucos de gente maluca - por que não colocar os pés no chão? Dizem que querem morar num mundo bom mas só fazem o mal. bando de hipócritas e ainda têm coragem de falar de ética, caráter e mau exemplo. Barata, não te conheço, mas sei que vc é irmão de uma excelente procuradora - educada e honesta. ela vota com o projeto do pgj. eu sei que a noite para evidenciar o dia. Se vc puder não seja partidarista. enchergue de forma retilínea. É assim que o Deus dos cristãos exige. saúde, irmão.

Anônimo disse...

Todos que votaram a favor do cincurso publico merecem nossos aplausos.